Saiba o que é o Acordo de Paris e por que ele é importante para o mundo

Há alguns anos governantes de todo o planeta começaram a perceber que os impactos causados pelos gases de efeito estufa não estão para brincadeiras. A cada ano vemos notícias de terremotos, furacões, tsunami, entre outros desastres naturais que são causados a partir do aquecimento global, com maior frequência e cada vez mais devastadores.

Não a toa, em 2015 foi criado um tratado mundial, denominado de Acordo de Paris, local onde foi assinado. Esse acordo consiste em diminuir os impactos ambientais na terra e consequentemente, os gastos que são gerados a partir de uma catástrofe.

Neste post, vamos mostrar a você o que é esse acordo, por que ele é importante e qual a posição do Brasil em relação à ele.

O que é o Acordo de Paris?

Criado para tentar controlar as mudanças climáticas no planeta, o Acordo de Paris nasceu em 2015, mas só passou a vigorar em 2016 quando 195 países assiram o tratado. Ele consiste em metas para que os países envolvidos tomem decisões para limitar o aquecimento global a 2ºC de aumento e se esforçando para não passar de 1,5ºC, a partir de 2020.

Todos os territórios que se comprometerem com o acordo devem apresentar planos para diminuírem a emissão dos gases de efeito estufa, que são os causadores do aquecimento global.

Um ponto importante é que os países que já são desenvolvidos comecem a prestar suporte para aqueles que ainda estão em desenvolvimento, como é o caso do Brasil, para ampliar ainda mais as propostas do movimento.

É uma meta um pouco ousada, pois segundo relatório da ONU já batemos 1ºC, muito próximo do limite máximo de 2ºC e a previsão é que cheguemos a 1,5ºC em 2040.

Por que ele é importante?

Como dissemos na introdução, gases de efeito estufa que são emitidos diariamente, causam um impacto muito grande no aquecimento global, por isso todos os anos sentimos as estações climáticas mais acentuadas.

No Brasil, sentimos na pele o calor aumentando a cada ano e todas as vezes uma nova reportagem com a chamada parecida com “O verão desse ano baterá recordes de temperatura”. E enquanto no Brasil temos o verão mais quente, países como Estados Unidos sofrem com temperaturas baixíssimas, gerando preocupações e alertas para a população.

Não só o aumento e a diminuição da temperatura, mas o aquecimento global também é responsável pelos desastres naturais cada vez mais comuns e destruidores ao redor do mundo.

Por isso foram tomadas medidas mundiais para combater as alterações climáticas, para tentarmos deixar o planeta habitável por mais tempo e claro, evitar gastos com “imprevistos naturais”.

Qual a posição do Brasil no Acordo de Paris?

O Brasil assin